Densidade IN SITU

Densidade IN SITU

Densidade IN SITU

Solo

Densidade IN SITU

No controle da compactação no campo, é regra geral tomar-se um ensaio de laboratório como referência e verificar o que é obtido no campo, com equipamento, comparando estes resultados com os de laboratório, dentro de certas especificações.

Controla-se a execução do serviço; controlando o equipamento, o número de passadas no rolo, a espessura da camada, o teor de umidade e outras condições que se julguem necessárias a uma boa execução do serviço.

Controla-se certos parâmetros do solo após compactado, como grau de compactação, índice de compacidade, percentagem de vazios, etc. o ideal no entanto, é que seja feita uma combinação dos dois tipos de controle citados.

Para o corpo dos aterros o grau mínimo de compactação é de 95% e para a camada final é de 100% em relação ao proctor normal, com uma tolerância de - 3% no teor de umidade, comparando com a umidade ótima, deverá ser feita uma determinação da massa específica de campo para cada 1000m3 de solo compactado. Já para a camada final do aterro para cada 200m3 de solo compactado será feita uma determinação da massa específica de campo.

Fonte: Norma ABNT NBR 7185:1986

Densidade IN SITU

Envie-nos uma mensagem

Preencha este formulário simples. Nossa equipe entrará em contato com você prontamente para discutir os próximos passos.

Clientes

Nossos Clientes